Encerra o XVI Cerco de Jericó na Paróquia Santo Antônio

No último sábado, 06 de abril, encerrou na Paróquia Santo Antônio, o XVI Cerco de Jericó. Foram sete dias e sete noites de muita oração, fé e adoração a Jesus Eucarístico. Momentos de grande intimidade com Deus.

Neste ano, o Cerco de Jericó, em sua XVI edição, teve como tema: “Batizados e Enviados”, em sintonia com o tema do mês extraordinário das missões que será celebrado em outubro. Dentro deste contexto, durante a semana cada celebração teve em sua homilia um subtema: Conversão e Missão; Trindade, Missão e a Igreja; A Páscoa de Jesus Cristo Fundamento da Missão; Maria e a Igreja; Palavra de Deus, Batismo e Eucaristia na Missão da Igreja; Leigos e Famílias em Missão no Mundo.

Durante o Cerco de Jericó, pecados foram depositados na caixa roxa, que no ato penitencial deste sábado, foram queimados, no fogo do Espírito Santo.

Em sua homilia Pe. Alcides reforçou o tema do XVI Cerco de Jericó e ressaltou a importância de cada um, como batizado, levar adiante a mensagem de Cristo. “Muitas são as necessidades do mundo hoje, então precisamos ter coragem, não ter medo, mas sim, sentir a força do ressuscitado em nos enviar para a Missão.” Afirma o celebrante.

Pe. Alcides ainda afirma que é preciso ter sempre Deus presente na caminhada, que inicia com o Batismo, através da palavra, da celebração eucarística e da oração pessoal. Assim é possível viver a Missão: Igreja em saída, conforme o Santo Padre, o Papa, pede. Desta forma é possível ser testemunha viva de um mundo fraterno com o respeito devido de filhos e filhas de Deus.

Após o momento da Comunhão todos os fiéis receberam uma lembrança do XVI Cerco do Jericó com a Oração para o mês missionário extraordinário que acontece em outubro. Oração que esteve presente durante toda a semana e deve continuar assim durante o ano.

Como encerramento desta semana de graça, o momento mais marcante do XVI Cerco de Jericó, as sete voltas de Jesus Eucarístico pela Igreja, conduzido por Pe. Alcides. Todos em oração, motivados por cantos e louvores. Após a última volta Padre Alcides adentrou a Igreja pela porta central e todos marcharam ao som da trombeta enquanto Jesus Eucarístico foi novamente conduzido ao altar para adoração.

Após o recolhimento de Jesus Eucarístico para a Capela, derrubou-se as muralhas, as pedras foram repassadas de mão em mão, um momento de grande alegria e louvor por cada momento vivido durante a semana.

Ao final a caixa amarela foi recebida e permanecerá na Igreja para acolher os testemunhos de vitórias alcançadas com a intercessão de Nossa Senhora, pelo amor misericordioso de Deus.

Em seguida Pe. Alcides encerrou o XVI Cerco de Jericó dizendo: “Ide a todos os povos, ensinei tudo aquilo que eu vos ordenei para que se tornem discípulos meus…”

Colaboração de conteúdo/Fotos: Patrícia Dias, Paulo Elias de Souza, Ana Paula dos Santos, Sidnéia Agostinho, Lúcia Oçoski, Irene Icalthof, Rita e Rogério Melo.

Leia também:

Paróquia se prepara para mais uma edição do Bazar Beneficente da Ação Social

Missa Solene marca início do XVI Cerco de Jericó na paróquia

 

Leia mais

Share