Encontro de formação missionária é realizado na Arquidiocese

O conselho Missionário da Arquidiocese de Florianópolis (COMIDI), em conjunto com a Coordenação de Pastoral, promoveu nos dias 04 e 05 de março uma formação missionária, na paróquia São Vicente de Paulo, em Itajaí. O encontro foi conduzido pelo Pe. Jaime Patias, Secretário da obra Pontifícia União Missionária. Os 140 participantes das diversas paróquias da arquidiocese, se sentiram animados com a experiência e entusiasmo missionário do Pe. Jaime. Nossa paróquia esteve representada no encontro pelo Coordenador dos Ministros da Sagrada Comunhão Gustavo Hames.

Fotos formação 2Eva Linhares, da paróquia Nossa Senhora do Rosário, de São José, destacou que a formação foi “um encontro comigo mesma, com os outros companheiros de caminhada e principalmente um encontro de profunda reflexão e inquietação por tanto a ser feito e tão pouco nos disponibilizamos a servir. Tantas vezes fechamos os olhos e a mente para a realidade gritante ao nosso lado. Que Deus nos ajude a ter a coragem e abrir nossa consciência, as mãos e o coração”.

O articulador do grupo de missionários da arquidiocese, que tem realizado há 16 anos a experiência missionária no sertão baiano, Domingos Pereira, enfatizou a fala do Pe. Jaime: “a missão é de Deus e nós somos seus cooperadores” e “a importância destes momentos formativos em nível diocesano para que a consciência missionária abranja todo o povo e seja vivido em todos os âmbitos da Igreja”.

Pe. Jaime Patias, missionário da Consolata, durante 14 anos atuou na missão em Moçambique, na  África, colocou como o “profetismo e martírio não estão separados do martírio de Jesus Cristo crucificado e ressuscitado, e nem do povo crucificado. Não dá para conceber a missão sem entender o martírio como fidelidade e profecia. Na Igreja, enquanto houver martírio, ou seja, fidelidade a Cristo, haverá credibilidade, profecia e esperança”.

Fotos formação 4Os participantes refletiram suas realidades pastorais, à luz do documento 108 da CNBB (missão e cooperação missionária) e apresentaram propostas de ação que serão assumidas a partir deste momento em seus espaços forâneos e paroquiais. Pe. Josemar Silva, coordenador do COMIDI e pároco da paróquia São Vicente, em Itajaí, destaca que “o tema escolhido em reunião do Conselho Missionário Diocesano para este encontro (Consciência Missionária), teve como objetivo animar a todos para que nos empenhemos na construção de uma Igreja missionária, em saída, servidora e profética”.

A presença de Dom Wilson Tadeu juntamente com Pe. Revelino Seidler, coordenador arquidiocesano de Pastoral, foi sinal concreto do apoio de toda Igreja neste caminhar missionário. Como destacava Padre Jaime Patias “a missão é do Pai. A Igreja é enviada em missão e também envia. É a missão que faz a igreja. Se não houvesse missão não haveria Igreja, pois não haveria o anúncio da Boa Nova”. Seguimos na esperança, de que gradativamente o Povo de Deus vá assumindo seu espaço, vivendo a cada dia o compromisso batismal. E como nos diz o Papa Francisco, “não há alegria maior do que anunciar o amor de Deus”.

Fonte: Site da Arquidiocese de Florianópolis

Leia mais

Share