Missa do Crisma é realizada nesta Quinta-Feira Santa, pela manhã

Neste dia 18 de Abril, Quinta-Feira Santa, pela manhã, na Catedral Metropolitana de Florianópolis, foi realizada a Missa do Crisma onde ocorreu a Bênção dos Santos Óleos, que são os óleos dos Enfermos, do Batismo e do Crisma e a Renovação dos Votos Sacerdotais por parte dos sacerdotes diante do Bispo.

Sacerdotes diocesanos e das diversas congregações existentes em nossa arquidiocese, além dos diáconos ordenados, estavam presentes na celebração, presidida pelo Arcebispo Metropolitano Dom Wilson Tadeu Jönck e concelebrada por Dom Vito Schlickmann.

Padre Alcides Albony Amaral, pároco da Paróquia Santo Antônio, Campinas, São José, juntamente com Padre Neri José Hoffmann, vigário paroquial, estiveram presentes na celebração.

Durante a homilia, Dom Wilson se dirigiu principalmente aos sacerdotes presentes e lembrou que o sim de cada um é semelhante ao sim de Maria, dado ao anjo, para que o plano da salvação pudesse vir ao mundo. Enfatizou que durante a caminhada com Cristo, nem tudo é perfeito, visto que até em sua vida terrena ocorreram imperfeições como a traição de Judas, a negação de Pedro e até a dúvida de Tomé.

Continuou com uma citação onde a Santíssima Trindade é um relacionamento de “pessoas” e não de “indivíduos” e se cada cristão se espelhar neste exemplo, todos serão também uma comunidade de pessoas e não somente de indivíduos.

Concluiu com o desejo de que todos estivessem cheios do Espírito Santo e agradeceu a presença dos sacerdotes em nome de todas as comunidades que eles atendem.

Em seguida, os padres fizeram a renovação dos votos sacerdotais e após a oração eucarística, realizou Benção do Óleo da Unção dos Enfermos. Depois da comunhão, foi realizada a Benção do Óleo dos Catecumenos, utilizada no Sacramento do Batismo e por fim chamou todos os sacerdotes do presbitério para a Bênção do Óleo do Crisma.

Antes do encerramento, o pároco da catedral, Pe. David Antônio Coelho , chamou todos os seminaristas, com a lembrança de que estes são o futuro da nossa Igreja e convidou a todos para cantarem juntos “Tu És a Razão da Jornada”.

Dom Wilson deu a bênção final e na saída os sacerdotes receberam uma lembrança da arquidiocese. Em seguida todos se dirigiram às suas paróquias para se prepararem para o Tríduo Pascal que inicia logo mais, com a Missa da Quinta-Feira Santa onde se recorda a instituição da Eucaristia e cerimônia do Lava-Pés.

Colaboração de Conteúdo: Ricardo Dias.

Share