Nossa história

UM RESUMO DA NOSSA HISTÓRIA

A paróquia foi fundada em 11/02/1970 através do decreto assinado por Dom Afonso Niehues que desmembrou as comunidades de Campinas, Roçado e Procasa das paróquias de São José, Capoeiras e Estreito e criou a paróquia de Campinas.

Os limites territoriais da paróquia foram alterados ao longo dos anos. Em 1986 foi criada a comunidade do Kobrasol, dividindo a comunidade matriz de Campinas. Com a transformação da comunidade da Procasa em pró-paróquia, em 1998 e com a transferência da comunidade do Roçado para a recém-criada Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em 2005, a paróquia ficou restrita às comunidades de Campinas (Matriz) e do Kobrasol (Capela), que apesar do pequeno território, conta com uma população de cerca de 30.000 pessoas.

A atuação dos leigos está presente desde o início de sua história. As primeiras pastorais e ministérios foram organizados logo após a criação da paróquia, mas várias outras pastorais e ministérios, além de movimentos, associações e grupos foram criadas ao longo do tempo. A paróquia conta hoje com mais de 30 grupos organizados, entre ministérios, pastorais, movimentos, grupos e associações, atuando nas duas comunidades, coordenados por um grande número de lideranças.

A organização pastoral faz parte da história da paróquia. Já no primeiro ano de existência da paróquia foi constituído o primeiro Conselho de Administrativo. O Conselho Paroquial de Pastoral e os Conselhos Locais de Pastoral foram criados no final da década de 80 e reestruturados em 1996.

A infraestrutura da paróquia, que em seu início possuía apenas uma pequena igreja de madeira, foi bastante ampliada. Já nos primeiros anos os paroquianos construíram a casa e o salão paroquial (hoje Salão Amantino). Em 1985 foi inaugurado o Salão Pe. Raul, que junto com o Salão Amantino, foram reformados em 2009. A Igreja Matriz foi construída entre 1977 e 1982 e já recebeu várias reformas e mudanças ao longo dos anos, como a troca de piso, do forro do teto e mudanças no presbitério. Também em Campinas, a antiga Capela São José, recebeu uma grande remodelação em 2012, rebatizada como Capela Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

A comunidade do Kobrasol, que lutou por mais de 10 anos para conseguir um terreno para sua igreja, fez sua inauguração em 2002. Logo depois, em 2008, era inaugurada a Capela de Adoração João Paulo II. O salão de festas, construído junto com a Igreja, recebeu uma grande reforma em 2010.

Ao longo destes quase 50 anos, a paróquia sediou diversos eventos como ordenações diaconais e presbiterais, jubileus sacerdotais de ouro e prata, shows de evangelização, uma Assembleia Arquidiocesana de Pastoral e um Congresso Eucarístico Paroquial. A paróquia já recebeu as imagens de Nossa Senhora Aparecida, de Nossa Senhora do Desterro e do Divino Pai Eterno, quando foi celebrada uma missa com mais de 6.000 pessoas no pátio da Igreja Matriz. A Cruz Peregrina e o ícone Nossa Senhora, da Jornada Mundial da Juventude, também passaram pela paróquia.

Diferentes devoções já tiveram espaço na paróquia, que hoje celebra o Trezenário do padroeiro Santo Antônio e as novenas em honra a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, ao Divino Pai Eterno e a Santa Rita de Cássia.

A paróquia também tem no seu calendário fixo as festas de Santo Antônio (junho) e Bom Jesus e São Cristóvão (setembro), em Campinas e Santa Rita de Cássia (maio) e São Francisco de Assis (outubro), no Kobrasol, além do Cerco de Jericó (quaresma) e a Caminhada Bíblica (setembro).

Desde sua criação, vários padres já trabalharam na paróquia, que já teve como pároco:

  • Monsenhor Vendelino Hobold – 1970 a 1980
  • Pe. Raul de Souza – 1980 a 1987
  • Pe. Francisco Wloch – 1987 a 1988
  • Pe. Vertolino da Silveira – 1988 a 1991
  • Pe. Gervásio Fuck – 1991 a 1996
  • Pe. Sérgio de Souza – 1996 a 2002
  • Pe. Hélio da Cunha – 2002 a 2015
  • Pe. Alcides Albony Amaral – 2016 a 2020
  • Pe. Revelino Seidler – desde 2020

Nossa história não termina aqui. Ela continua sendo escrita todos os dias, por muitas pessoas: padres, diáconos e leigos; crianças, jovens, adultos e idosos; pessoas das várias pastorais, movimentos, associações e grupos; de gente de perto e de longe daqui. Você também pode ajudar a continuar a escrever esta história, tornando-a mais rica com sua presença nas missas e eventos, mas principalmente participando de uma das muitas pastorais que existem na paróquia.

Venha fazer parte desta linda história de evangelização, amor, fraternidade e solidariedade.

Veja história completa clicando nos links abaixo: