Nova Liturgia

<<  05/02/2019 (3ª-FEIRA)  >>

3ª-FEIRA DA 4ª SEMANA - TEMPO COMUM

Salmo - ANO IMPAR - Sl 21 (22),26b-27 .28.30. 31-32 (R. Cf.27b)

R. Todos aqueles que vos buscam,
não de louvar-vos, ó Senhor.
26bSois meu louvor em meio à grande assembléia;*
cumpro meus votos ante aqueles que vos temem!
27Vossos pobres vão comer e saciar-se,
e os que procuram o Senhor o louvarão;*
'Seus corações tenham a vida para sempre!'
R.

28Lembrem-se disso os confins de toda a terra,*
para que voltem ao Senhor e se convertam,
e se prostrem, adorando, diante dele*
todos os povos e as famílias das nações.
30Somente a ele adoraróo os poderosos,*
e os que voltam para o pó o louvarão.
R.

Para ele há de viver a minha alma,*
31toda a minha descendência há de servi-lo;
às futuras gerações anunciará*
32o poder e a justiça do Senhor;
ao povo novo que há de vir, ela dirá:*
'Eis a obra que o Senhor realizou!'
R.

2a Leitura - ANO IMPAR - Hb 12,1-4

Empenhemo-nos com perseverança
no combate que nos é proposto.
Leitura da Carta aos Hebreus 12,1-4
Irmãos:
1Rodeados como estamos
por tamanha multidão de testemunhas,
deixemos de lado o que nos pesa
e o pecado que nos envolve.
Empenhemo-nos com perseverança
no combate que nos é proposto,
2com os olhos fixos em Jesus,
que em nós começa e completa a obra da fé.
Em vista da alegria que lhe foi proposta,
suportou a cruz, não se importando com a infâmia,
e assentou-se à direita do trono de Deus.
3Pensai pois naquele que enfrentou
uma tal oposição por parte dos pecadores,
para que não vos deixeis abater pelo desânimo.
4Vós ainda não resististes até ao sangue
na vossa luta contra o pecado.
Palavra do Senhor.

Evangelho - ANO IMPAR - Mc 5,21-43

Menina, levanta-te!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 5,21-43
Naquele tempo:
21Jesus atravessou de novo, numa barca,
para a outra margem.
Uma numerosa multidão se reuniu junto dele,
e Jesus ficou na praia.
22Aproximou-se, então, um dos chefes da sinagoga,
chamado Jairo.
Quando viu Jesus, caiu a seus pés,
23e pediu com insistência:
'Minha filhinha está nas últimas.
Vem e põe as mãos sobre ela, para que ela sare e viva!'
24Jesus então o acompanhou.
Uma numerosa multidão o seguia e o comprimia.
25Ora, achava-se ali uma mulher
que, há doze anos, estava com uma hemorragia;
26tinha sofrido nas mãos de muitos médicos,
gastou tudo o que possuía,
e, em vez de melhorar, piorava cada vez mais.
27Tendo ouvido falar de Jesus,
aproximou-se dele por detrás, no meio da multidão,
e tocou na sua roupa.
28Ela pensava:
'Se eu ao menos tocar na roupa dele, ficarei curada'.
29A hemorragia parou imediatamente,
e a mulher sentiu dentro de si
que estava curada da doença.
30Jesus logo percebeu que uma força tinha saído dele.
E, voltando-se no meio da multidão, perguntou:
'Quem tocou na minha roupa?'
31Os discípulos disseram:
'Estás vendo a multidão que te comprime
e ainda perguntas:'Quem me tocou'?'
32Ele, porém, olhava ao redor
para ver quem havia feito aquilo.
33A mulher, cheia de medo e tremendo,
percebendo o que lhe havia acontecido,
veio e caíu aos pés de Jesus,
e contou-lhe toda a verdade.
34Ele lhe disse:
'Filha, a tua fé te curou.
Vai em paz e fica curada dessa doença'.
35Ele estava ainda falando,
quando chegaram alguns da casa do chefe da sinagoga,
e disseram a Jairo:
'Tua filha morreu. Por que ainda incomodar o mestre?'
36Jesus ouviu a notícia e disse ao chefe da sinagoga:
'Não tenhas medo. Basta ter fé!'
37E não deixou que ninguém o acompanhasse,
a não ser Pedro, Tiago e seu irmão João.
38Quando chegaram à casa do chefe da sinagoga,
Jesus viu a confusão
e como estavam chorando e gritando.
39Então, ele entrou e disse:
'Por que essa confusão e esse choro?
A criança não morreu, mas está dormindo'.
40Começaram então a caçoar dele.
Mas, ele mandou que todos saíssem,
menos o pai e a mãe da menina,
e os três discípulos que o acompanhavam.
Depois entraram no quarto onde estava a criança.
41Jesus pegou na mão da menina e disse:
'Talitá cum'- que quer dizer:
'Menina, levanta-te!'
42Ela levantou-se imediatamente e começou a andar,
pois tinha doze anos.
E todos ficaram admirados.
43Ele recomendou com insistência
que ninguém ficasse sabendo daquilo.
E mandou dar de comer à menina.
Palavra da Salvação.

SANTA ÁGUEDA, VIRGEM E MÁRTIR - SANTORAL

1a Leitura - SANTORAL - Rm 8,31b-39

Nenhuma criatura será capaz de nos separar do amor
de Deus por nós,.manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 8,31b-39
Irmãos:
31bSe Deus é por nós, quem será contra nós?
32Deus que não poupou seu próprio filho,
mas o entregou por todos nós,
como não nos daria tudo
junto com ele?
33Quem acusará os escolhidos de Deus?
Deus, que os declara justos?
34Quem condenará?
Jesus Cristo, que morreu,
mais ainda, que ressuscitou,
e está, à direita de Deus, intercedendo por nós?
35Quem nos separará do amor de Cristo?
Tribulação? Angústia? Perseguição?
Fome? Nudez?
Perigo? Espada?
36Pois é assim que está escrito:
'Por tua causa somos entregues à morte, o dia todo;
fomos tidos como ovelhas destinadas ao matadouro'.
37Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores,
graças àquele que nos amou!
38Tenho a certeza que nem a morte, nem a vida,
nem os anjos, nem os poderes celestiais,
nem o presente nem o futuro,
nem as forças cósmicas,
39nem a altura, nem a profundeza,
nem outra criatura qualquer
será capaz de nos separar do amor de Deus por nós,
manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - 1Cor 1,26-31 (Leitura Facultativa)

Deus escolheu o que o mundo considera como estúpido.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 1,26-31
26Irmãos, considerai vós mesmos,
como fostes chamados por Deus.
Pois entre vós não há muitos sábios de sabedoria humana
nem muitos poderosos nem muitos nobres.
27Na verdade,
Deus escolheu o que o mundo considera como estúpido,
para assim confundir os sábios;
Deus escolheu o que o mundo considera como fraco,
para assim confundir o que é forte;
28Deus escolheu o que para o mundo
é sem importância e desprezado,
o que não tem nenhuma serventia,
para assim mostrar a inutilidade
do que é considerado importante,
29para que ninguém possa gloriar-se diante dele.
30É graças a ele que vós estais em Cristo Jesus,
o qual se tornou para nós, da parte de Deus:
sabedoria, justiça, santificação e libertação,
31para que, como está escrito,
'quem se gloria, glorie-se no Senhor'.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - 1Cor 2,10b-16 (Leitura Facultativa)

O homem psíquico não é capaz de conhecer o que vem do Espírito;
ao contrário, o homem espiritual julga tudo.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 2,10b-16
Irmãos:
10A nós Deus revelou esse mistério
através do Espírito.
Pois o Espírito esquadrinha tudo,
mesmo as profundezas de Deus.
11Quem dentre os homens
conhece o que se passa no homem
senão o espírito do homem que está nele?
Assim também, ninguém conhece o que existe em Deus,
a não ser o Espírito de Deus.
12Nós não recebemos o espírito do mundo,
mas recebemos o Espírito que vem de Deus,
para que conheçamos os dons da graça
que Deus nos concedeu.
13Desses dons também falamos,
não com palavras ensinadas pela sabedoria humana,
mas com a sabedoria aprendida do Espírito:
assim, ajustamos uma linguagem espiritual
às realidades espirituais.
14O homem psíquico
- o que fica no nível de suas capacidades naturais -
não aceita o que é do Espírito de Deus:
pois isso lhe parece uma insensatez.
Ele não é capaz de conhecer o que vem do Espírito,
porque tudo isso só pode ser julgado
com a ajuda do mesmo Espírito.
15Ao contrário, o homem espiritual
- enriquecido com o dom do Espírito -
julga tudo,
mas ele mesmo não é julgado por ninguém.
16Com efeito, quem conheceu o pensamento do Senhor,
de maneira a poder aconselhá-lo?
Nós, porém, temos o pensamento de Cristo.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - 2Cor 4,1-2.5-7 (Leitura Facultativa)

Pregamos a Jesus Cristo, o Senhor. Quanto a nós,
apresentamo-nos como servos vossos por causa de Jesus.
Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 4,1-2.5-7
Irmãos:
1Não desanimamos no exercício deste ministério
que recebemos da misericórdia divina.
2Rejeitamos todo procedimento dissimulado e indigno,
feito de astúcias,
e não falsificamos a palavra de Deus.
Mas, pelo contrário, manifestamos a verdade
e, assim, nos recomendamos
a toda consciência humana, diante de Deus.
5De fato, não nos pregamos a nós mesmos,
pregamos a Jesus Cristo, o Senhor.
Quanto a nós, apresentamo-nos como servos vossos,
por causa de Jesus.
6Com efeito, Deus que disse:
'Do meio das trevas brilhe a luz',
é o mesmo que fez brilhar a sua luz em nossos corações,
para tornar claro o conhecimento da sua glória
na face de Cristo.
7Ora, trazemos esse tesouro em vasos de barro,
para que todos reconheçam
que este poder extraordinário vem de Deus e não de nós.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - 1Cor 15,1-8 (Leitura Facultativa)

O Senhor apareceu a Tiago e, depois,
apareceu aos apóstolos todos juntos.

 


Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios 15,1-8


1Irmãos, quero lembrar-vos
o evangelho que vos preguei e que recebestes,
e no qual estais firmes.
2Por ele sois salvos,
se o estais guardando
tal qual ele vos foi pregado por mim.
De outro modo, teríeis abraçado a fé em vão.
3Com efeito, transmiti-vos, em primeiro lugar,
aquilo que eu mesmo tinha recebido,
a saber:
que Cristo morreu por nossos pecados,
segundo as Escrituras;
4que foi sepultado;
que, ao terceiro dia, ressuscitou,
segundo as Escrituras;
5e que apareceu a Cefas e, depois, aos Doze.
6Mais tarde,
apareceu a mais de quinhentos irmãos, de uma vez.
Destes, a maioria ainda vive
e alguns já morreram.
7Depois, apareceu a Tiago
e, depois, apareceu aos apóstolos todos juntos.
8Por último, apareceu também a mim,
como a um abortivo.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - Fl 3,8-14 (Leitura Facultativa)

Eu perdi tudo, para ganhar Cristo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses 3,8-14
Irmãos:
8Considero tudo como perda
diante da vantagem suprema
que consiste em conhecer a Cristo Jesus, meu Senhor.
Por causa dele eu perdi tudo.
Considero tudo como lixo,
para ganhar Cristo e ser encontrado unido a ele,
9não com minha justiça provindo da Lei,
mas com a justiça por meio da fé em Cristo,
a justiça que vem de Deus, na base da fé.
10Esta consiste em conhecer a Cristo,
experimentar a força da sua ressurreição,
ficar em comunhão com os seus sofrimentos,
tornando-me semelhante a ele na sua morte,
11para ver se alcanço a ressurreição dentre os mortos.
12Não que já tenha recebido tudo isso,
ou que já seja perfeito.
Mas corro para alcançá-lo,
visto que já fui alcançado por Cristo Jesus.
13Irmãos, eu não julgo já tê-lo alcançado.
Uma coisa, porém, eu faço:
esquecendo o que fica para trás,
eu me lanço para o que está na frente.
14Corro direto para a meta,
rumo ao prêmio,
que, do alto, Deus me chama a receber
em Cristo Jesus.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - Is 7,10-14; 8,10 (Leitura Facultativa)

Eis que uma virgem conceberá.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 7,10-14; 8,10
Naqueles dias,
10o Senhor falou com Acaz, dizendo:
11'Pede ao Senhor teu Deus que te faça ver um sinal,
quer provenha da profundeza da terra,
quer venha das alturas do céu'.
12Mas Acaz respondeu:
'Não pedirei nem tentarei o Senhor'.
13Disse o profeta:
'Ouvi então, vós, casa de Davi;
será que achais pouco incomodar os homens
e passais a incomodar até o meu Deus?
14Pois bem, o próprio Senhor vos dará um sinal.
Eis que uma virgem conceberá e dará à luz um filho,
e lhe porá o nome de Emanuel,
8,10porque Deus está conosco.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - Rm 10,9-18 (Leitura Facultativa)

A fé vem da pregação
e a pregação se faz pela palavra de Cristo.
Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos 10,9-18
Irmãos:
9Se, com tua boca, confessares Jesus como Senhor
e, no teu coração,
creres que Deus o ressuscitou dos mortos,
serás salvo.
10É crendo no coração que se alcança a justiça
e é confessando a fé com a boca
que se consegue a salvação.
11Pois a Escritura diz:
'Todo aquele que nele crer não ficará confundido'.
12Portanto, não importa a diferença
entre judeu e grego;
todos têm o mesmo Senhor,
que é generoso para com todos os que o invocam.
13De fato, todo aquele que invocar o Nome do Senhor
será salvo.
14Mas, como invocá-lo, sem antes crer nele?
E como crer, sem antes ter ouvido falar dele?
E como ouvir, sem alguém que pregue?
15E como pregar, sem ser enviado para isso?
Assim é que está escrito:
'Quão belos são os pés dos que anunciam o bem'.
16Mas nem todos obedeceram à Boa-nova.
Pois Isaías diz:
'Senhor, quem acreditou em nossa pregação?'
17Logo, a fé vem da pregação
e a pregação se faz pela palavra de Cristo.
18Então, eu pergunto:
Será que eles não ouviram?
Certamente que ouviram,
pois 'a voz deles se espalhou por toda a terra,
e as suas palavras chegaram aos confins do mundo'.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - Sb 7,7-10.15-16 (Leitura Facultativa)

Amei a sabedoria mais que a saúde e a beleza.
Leitura do Livro da Sabedoria 7,7-10.15-16
7Orei, e foi-me dada a prudência;
supliquei, e veio a mim o espírito da sabedoria.
8Preferi a Sabedoria aos cetros e tronos
e em comparação com ela, julguei sem valor a riqueza;
9a ela não igualei nenhuma pedra preciosa,
pois, a seu lado, todo o ouro do mundo
é um punhado de areia
e diante dela, a prata, será como a lama.
10Amei-a mais que a saúde e a beleza,
e quis possuí-la mais que a luz,
pois o esplendor que dela irradia não se apaga.
15Deus me conceda falar com inteligência
e ter pensamentos dignos dos dons que recebi,
pois ele não só mostra o caminho da Sabedoria,
como também corrige os sábios;
16em suas mãos estamos nós e as nossas palavras,
assim como toda a inteligência e habilidade.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - Tb 12,6-13 (Leitura Facultativa)

É valiosa a oração com o jejum,
e a esmola com a justiça.
Leitura do Livro de Tobias 12,6-13
Naqueles dias,
o anjo falou a Tobit e seu filho:
6'Bendizei a Deus e dai-lhe graças,
diante de todos os viventes,
pelos benefícios que vos concedeu.
Bendizei e cantai o seu nome.
Manifestai a todos os homens as obras de Deus,
como é justo,
e não hesiteis em expressar-lhe o vosso reconhecimento.
7Se é bom guardar o segredo do rei,
é justo revelar e publicar as obras de Deus.
Fazei o bem, e o mal não vos atingirá.
8É valiosa a oração com o jejum,
e a esmola com a justiça.
Melhor é pouco com justiça,
do que muito com iniqüidade.
Melhor é dar esmolas,
do que acumular tesouros.
9A esmola livra da morte e purifica de todo pecado.
Os que dão esmola serão saciados de vida.
10Aqueles, porém, que cometem o pecado e a injustiça,
são inimigos de si mesmos.
11E agora vos manifestarei toda a verdade,
sem vos ocultar coisa alguma.
Já vos declarei e disse:
`É bom guardar o segredo do rei,
mas as obras de Deus devem ser reveladas,
com a glória devida'.
12Pois bem, quando tu e Sara fazíeis oração,
eu apresentava o memorial da vossa prece
diante da glória do Senhor.
E fazia o mesmo quando tu, Tobit,
enterravas os mortos.
13Quando não hesitaste em levantar-te da mesa,
deixando a refeição e saindo para sepultar um morto,
fui enviado a ti para te pôr à prova'.
Palavra do Senhor.

Salmo - SANTORAL - Sl 18(19A),2-3.4-5 (R. 5a)

R. Seu som ressoa e se espalha em toda terra.
2Os céus proclamam a glória do Senhor, *
e o firmamento, a obra de suas mãos;
3o dia ao dia transmite esta mensagem, *
a noite à noite publica esta notícia.R.
4Não são discursos nem frases ou palavras, *
nem são vozes que possam ser ouvidas;
5seu som ressoa e se espalha em toda a terra, *
chega aos confins do universo a sua voz.R.

2a Leitura - SANTORAL - Hb 10,4-10

No livro está escrito a meu respeito:
Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade.
Leitura da Carta aos Hebreus 10,4-10
Irmãos:
4É impossível eliminar os pecados
com o sangue de touros e bodes.
5Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma:
'Tu não quiseste vítima nem oferenda,
mas formaste-me um corpo.
6Não foram do teu agrado holocaustos
nem sacrifícios pelo pecado.
7Por isso eu disse: Eis que eu venho.
No livro está escrito a meu respeito:
Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade'.
8Depois de dizer:
'Tu não quiseste nem te agradaram
vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado'
coisas oferecidas segundo a Lei -
9ele acrescenta: 'Eu vim para fazer a tua vontade'.
Com isso, suprime o primeiro sacrifício,
para estabelecer o segundo.
10É graças a esta vontade que somos santificados
pela oferenda do corpo de Jesus Cristo,
realizada uma vez por todas.
Palavra do Senhor.

Evangelho - SANTORAL - Lc 1,26-38

Eis que conceberás e darás à luz um filho.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 1,26-38
Naquele tempo:
26O anjo Gabriel foi enviado por Deus
a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré,
27a uma virgem, prometida em casamento
a um homem chamado José.
Ele era descendente de Davi
e o nome da virgem era Maria
28O anjo entrou onde ela estava e disse:
'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!'
29Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a
pensar qual seria o significado da saudação.
30O anjo, então, disse-lhe:
'Não tenhas medo, Maria,
porque encontraste graça diante de Deus.
31Eis que conceberás e darás à luz um filho,
a quem porás o nome de Jesus.
32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo,
e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi.
33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó,
e o seu reino não terá fim'.
34Maria perguntou ao anjo:
'Como acontecerá isso,
se eu não conheço homem algum?'
35O anjo respondeu:
'O Espírito virá sobre ti,
e o poder do Altissimo te cobrirá com sua sombra.
Por isso, o menino que vai nascer
será chamado Santo, Filho de Deus.
36Também Isabel, tua parenta,
concebeu um filho na velhice.
Este já é o sexto mês
daquela que era considerada estéril,
37porque para Deus nada é impossível'.
38Maria, então, disse:
'Eis aqui a serva do Senhor;
faça-se em mim segundo a tua palavra!'
E o anjo retirou-se.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Mc 10,17-30 (Leitura Facultativa)

Vende tudo o que tens e segue-me!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 10,17-30
Naquele tempo:
17Quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo,
ajoelhou-se diante dele, e perguntou:
'Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?'
18Jesus disse:'Por que me chamas de bom?'
Só Deus é bom, e mais ninguém.
19Tu conheces os mandamentos:
não matarás; não cometerás adultério; não roubarás;
não levantarás falso testemunho;
não prejudicarás ninguém;
honra teu pai e tua mãe!'
20Ele respondeu:'Mestre, tudo isso
tenho observado desde a minha juventude'.
21Jesus olhou para ele com amor, e disse:
'Só uma coisa te falta:
vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres,
e terás um tesouro no céu.
Depois vem e segue-me!'
22Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido
e foi embora cheio de tristeza,
porque era muito rico.
23Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos:
'Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!'
24Os discípulos se admiravam com estas palavras,
mas ele disse de novo:
'Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!
25É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha
do que um rico entrar no Reino de Deus!'
26Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso,
e perguntavam uns aos outros:
'Então, quem pode ser salvo?'
27Jesus olhou para eles e disse:
'Para os homens isso é impossível, mas não para Deus.
Para Deus tudo é possível'.
28Pedro então começou a dizer-lhe:
'Eis que nós deixamos tudo e te seguimos'.
29Respondeu Jesus:
'Em verdade vos digo,
quem tiver deixado casa,
irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos,
campos, por causa de mim e do Evangelho,
30receberá cem vezes mais agora, durante esta vida
- casa, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos,
com perseguições -
e, no mundo futuro, a vida eterna.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Lc 5,1-11 (Leitura Facultativa)

Deixaram tudo e O seguiram.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 5,1-11
Naquele tempo:
1Jesus estava na margem do lago de Genesaré,
e a multidão apertava-se ao seu redor
para ouvir a palavra de Deus.
2Jesus viu duas barcas paradas na margem do lago.
Os pescadores haviam desembarcado e lavavam as redes.
3Subindo numa das barcas, que era de Simão,
pediu que se afastasse um pouco da margem.
Depois sentou-se e, da barca, ensinava as multidões.
4Quando acabou de falar, disse a Simão:
'Avança para águas mais profundas,
e lançai vossas redes para a pesca'.
5Simão respondeu:
'Mestre, nós trabalhamos a noite inteira
e nada pescamos.
Mas, em atenção à tua palavra, vou lançar as redes'.
6Assim fizeram,
e apanharam tamanha quantidade de peixes
que as redes se rompiam.
7Então fizeram sinal aos companheiros da outra barca,
para que viessem ajudá-los.
Eles vieram, e encheram as duas barcas,
a ponto de quase afundarem.
8Ao ver aquilo, Simão Pedro atirou-se aos pés de Jesus,
dizendo:'Senhor, afasta-te de mim,
porque sou um pecador!'
9É que o espanto se apoderara de Simão
e de todos os seus companheiros,
por causa da pesca que acabavam de fazer.
10Tiago e João, filhos de Zebedeu,
que eram sócios de Simão, também ficaram espantados.
Jesus, porém, disse a Simão:
'Não tenhas medo!
De hoje em diante tu serás pescador de homens.'
11Então levaram as barcas para a margem,
deixaram tudo e seguiram a Jesus.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Mt 7,21-29 (Leitura Facultativa)

A casa construída sobre a rocha e
a casa construída sobre a areia.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 7,21-29
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
2lNem todo aquele que me diz:'Senhor, Senhor',
entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática
a vontade de meu Pai que está nos céus.
22Naquele dia, muitos vão me dizer:
'Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos?
Não foi em teu nome que expulsamos demônios?
E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres?'
23Então eu lhes direi publicamente:
'Jamais vos conheci.
Afastai-vos de mim, vós que praticais o mal.
24Portanto, quem ouve estas minhas palavras
e as põe em prática,
é como um homem prudente,
que construiu sua casa sobre a rocha.
25Caiu a chuva, vieram as enchentes,
os ventos deram contra a casa,
mas a casa não caiu,
porque estava construída sobre a rocha.
26Por outro lado,
quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática,
é como um homem sem juízo,
que construiu sua casa sobre a areia.
27Caiu a chuva, vieram as enchentes,
os ventos sopraram e deram contra a casa,
e a casa caiu, e sua ruína foi completa!'
28Quando Jesus acabou de dizer estas palavras,
as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento.
29De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade
e não como os mestres da lei.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Lc 9,57-62 (Leitura Facultativa)

Eu te seguirei para onde quer que fores.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9,57-62
Naquele tempo:
57Enquanto estavam caminhando,
alguém na estrada disse a Jesus:
'Eu te seguirei para onde quer que fores.'
58Jesus lhe respondeu:
'As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos;
mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça.'
59Jesus disse a outro:'Segue-me.'
Este respondeu:'Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai.'
60Jesus respondeu:
'Deixa que os mortos enterrem os seus mortos;
mas tu, vai anunciar o Reino de Deus.'
61Um outro ainda lhe disse:'Eu te seguirei, Senhor,
mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares.'
62Jesus, porém, respondeu-lhe:
'Quem põe a mão no arado e olha para trás,
não está apto para o Reino de Deus.'
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Jo 14,6-14 (Leitura Facultativa)

Há tanto tempo estou convosco, e não me conheces?
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 14,6-14
Naquele tempo, Jesus disse a Tomé:
6'Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida.
Ninguém vai ao Pai senão por mim.
7Se vós me conhecêsseis,
conheceríeis também o meu Pai.
E desde agora o conheceis e o vistes'.
8Disse Filipe:
'Senhor, mostra-nos o Pai, isso nos basta!'
9Jesus respondeu:
'Há tanto tempo estou convosco,
e não me conheces, Filipe?
Quem me viu, viu o Pai.
Como é que tu dizes:
`Mostra-nos o Pai'?
10Não acreditas que eu estou no Pai
e o Pai está em mim?
As palavras que eu vos digo,
não as digo por mim mesmo,
mas é o Pai que, permanecendo em mim,
realiza as suas obras.
11Acreditai-me: eu estou no Pai
e o Pai está em mim.
Acreditai, ao menos, por causa destas mesmas obras.
12Em verdade, em verdade vos digo,
quem acredita em mim
fará as obras que eu faço,
e fará ainda maiores do que estas.
Pois eu vou para o Pai,
13e o que pedirdes em meu nome, eu o realizarei,
a fim de que o Pai seja glorificado no Filho.
14Se pedirdes algo em meu nome,
eu o realizarei'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Lc 12,32-34 (Leitura Facultativa)

Foi do agrado do Pai dar a vós o Reino.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 12,32-34
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
32'Não tenhais medo, pequenino rebanho,
pois foi do agrado do Pai dar a vós o Reino.
33Vendei vossos bens e dai esmola.
Fazei bolsas que não se estraguem,
um tesouro no céu que não se acabe;
ali o ladrão não chega nem a traça corrói.
34Porque onde está o vosso tesouro,
aí estará também o vosso coração'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Lc 22,24-30 (Leitura Facultativa)

Assim como o meu Pai me confiou o Reino,
eu também vos confio o Reino.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 22,24-30
Naquele tempo:
24Houve uma discussão entre os apóstolos,
sobre qual deles deveria ser considerado o maior.
25Jesus, porém, lhes disse:
'Os reis das nações dominam sobre elas,
e os que têm poder se fazem chamar benfeitores.
26Entre vós, não deve ser assim.
Pelo contrário,
o maior entre vós seja como o mais novo,
e o que manda, como quem está servindo.
27Afinal, quem é o maior:
quem está sentado à mesa, ou quem está servindo?
Não é quem está sentado à mesa?
Eu, porém, estou no meio de vós como aquele que serve.
28Vós ficastes comigo em minhas provações.
29Por isso, assim como o meu Pai me confiou o Reino,
eu também vos confio o Reino.
30Vós havereis de comer e beber
à minha mesa no meu Reino,
e sentar-vos em tronos
para julgar as doze tribos de Israel'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Lc 9,23-26 (Leitura Facultativa)

Quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 9,23-26
Naquele tempo,
23Jesus disse a todos:
'Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo,
tome sua cruz cada dia, e siga-me.
24Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la;
e quem perder a sua vida por causa de mim, esse a salvará.
25Com efeito, de que adianta
a um homem ganhar o mundo inteiro,
se se perde e se destrói a si mesmo?
26Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras,
o Filho do Homem também se envergonhará dele
quando vier na sua glória,
na glória do Pai e dos santos anjos'.
Palavra do Senhor.

Evangelho - SANTORAL - Mc 10,17-27 (Leitura Facultativa)

Vai, vende tudo o que tens.
Depois vem e segue-me.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 10,17-27
Naquele tempo:
17Quando Jesus saiu a caminhar,
veio alguém correndo,
ajoelhou-se diante dele,
e perguntou:
'Bom Mestre,
que devo fazer para ganhar a vida eterna?'
18Jesus disse:
'Por que me chamas de bom?'
Só Deus é bom, e mais ninguém.
19Tu conheces os mandamentos:
não matarás; não cometerás adultério; não roubarás;
não levantarás falso testemunho;
não prejudicarás ninguém;
honra teu pai e tua mãe!'
20Ele respondeu:
'Mestre, tudo isso
tenho observado desde a minha juventude'.
21Jesus olhou para ele com amor, e disse:
'Só uma coisa te falta:
vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres,
e terás um tesouro no céu.
Depois vem e segue-me!'
22Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido
e foi embora cheio de tristeza,
porque era muito rico.
23Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos:
'Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!'
24Os discípulos se admiravam com estas palavras,
mas ele disse de novo:
'Meus filhos,
como é difícil entrar no Reino de Deus!
25É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha
do que um rico entrar no Reino de Deus!'
26Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso,
e perguntavam uns aos outros:
'Então, quem pode ser salvo?'
27Jesus olhou para eles e disse:
'Para os homens isso é impossível,
mas não para Deus.
Para Deus tudo é possível'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Mt 24,4-13 (Leitura Facultativa)

Por causa do meu nome,
vós sereis odiados por todas as nações.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 24,4-13
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
4'Cuidado, para que ninguém vos engane.
5Porque muitos virão em meu nome, dizendo:
`Eu sou o Messias!'
E enganarão muita gente.
6Vós ouvireis falar de guerras e rumores de guerra.
Prestai atenção e não vos assusteis,
pois essas coisas devem acontecer,
mas ainda não é o fim.
7Com efeito, uma nação se levantará contra outra,
e um reino contra outro reino.
Haverá fome e terremotos em vários lugares.
8Mas tudo isso é o começo das dores.
9Então os homens vos entregarão a maus tratos e à morte.
E, por causa do meu nome,
vós sereis odiados por todas as nações.
10Muitos ficarão escandalizados,
trairão uns aos outros e se odiarão.
11Vão surgir muitos falsos profetas,
que enganarão muita gente.
12A maldade se espalhará tanto,
que o amor de muitos esfriará.
13Mas, quem perseverar até o fim, esse será salvo'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Mc 4,1-10.13-20 (Leitura Facultativa)

O semeador saiu a semear.

 


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos 4,1-10.13-20


Naquele tempo,
1Jesus começou a ensinar de novo
às margens do mar da Galiléia.
Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele,
de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou,
enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas.
E, em seu ensinamento, dizia-lhes:
3'Escutai! O semeador saiu a semear.
4Enquanto semeava,
uma parte da semente caiu à beira do caminho;
vieram os pássaros e a comeram.
5Outra parte caiu em terreno pedregoso,
onde não havia muita terra;
brotou logo, porque a terra não era profunda,
6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada;
e, como não tinha raiz, secou.
7Outra parte caiu no meio dos espinhos;
os espinhos cresceram, a sufocaram,
e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa
e deu fruto, que foi crescendo e aumentando,
chegando a render trinta, sessenta e até cem por um'.
9E Jesus dizia:
'Quem tem ouvidos para ouvir, ouça'.
10Quando ficou sozinho,
os que estavam com ele, junto com os Doze,
perguntaram sobre as parábolas.
13E lhes disse:
'Vós não compreendeis esta parábola?
Então, como compreendereis todas as outras parábolas?
14O semeador semeia a Palavra.
15Os que estão à beira do caminho
são aqueles nos quais a Palavra foi semeada;
logo que a escutam, chega Satanás
e tira a Palavra que neles foi semeada.
16Do mesmo modo,
os que receberam a semente em terreno pedregoso,
são aqueles que ouvem a Palavra
e logo a recebem com alegria,
17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes;
quando chega uma tribulação ou perseguição,
por causa da Palavra, logo desistem.
18Outros recebem a semente entre os espinhos:
são aqueles que ouvem a Palavra;
l9mas quando surgem as preocupações do mundo,
a ilusão da riqueza e todos os outros desejos,
sufocam a Palavra, e ela não produz fruto.
20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom,
são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto;
um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Mt 4,1-9 (Leitura Facultativa)

O semeador saiu a semear.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 4,1-9
Naquele tempo,
1Jesus começou a ensinar de novo
às margens do mar da Galiléia.
Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele,
de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou,
enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas.
E, em seu ensinamento, dizia-lhes:
3'Escutai! O semeador saiu a semear.
4Enquanto semeava,
uma parte da semente caiu à beira do caminho;
vieram os pássaros e a comeram.
5Outra parte caiu em terreno pedregoso,
onde não havia muita terra;
brotou logo, porque a terra não era profunda,
6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada;
e, como não tinha raiz, secou.
7Outra parte caiu no meio dos espinhos;
os espinhos cresceram, a sufocaram,
e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa
e deu fruto, que foi crescendo e aumentando,
chegando a render trinta, sessenta e até cem por um'.
9E Jesus dizia:
'Quem tem ouvidos para ouvir, ouça'.
Palavra da Salvação.

Evangelho - SANTORAL - Mt 9,35-38 (Leitura Facultativa)

A Messe é grande, mas os trabalhadores sóo poucos.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9,35-38
Naquele tempo,
35Jesus percorria todas as cidades e povoados,
ensinando em suas sinagogas,
pregando o Evangelho do Reino,
e curando todo tipo de doença e enfermidade.
36Vendo Jesus as multidões, compadeceu-se delas,
porque estavam cansadas e abatidas,
como ovelhas que nóo têm pastor.
Entóo disse a seus discípulos:
37'A Messe é grande, mas os trabalhadores sóo poucos.
38Pedi pois ao dono da messe
que envie trabalhadores para a sua colheita!'
Palavra da Salvação.