Nova Liturgia

5ª-FEIRA DA 5ª SEMANA - QUARESMA

Farei de ti o pai de uma multidão de nações.
Leitura do Livro do Gênesis 17, 3-9
Naqueles dias:
Abrão prostrou-se com o rosto por terra.
E Deus lhe disse: 'Eis a minha aliança contigo: tu serás pai de uma multidão de nações.
Já não te chamarás Abrão, mas o teu nome será Abraão, porque farei de ti o pai de uma multidão de nações.
Farei crescer tua descendência infinitamente. Farei nascer de ti nações, e reis sairão de ti.
Estabelecerei minha aliança entre mim e ti e teus descendentes para sempre; uma aliança eterna, para que eu seja teu Deus e o Deus de teus descendentes.
A ti e aos teus descendentes darei a terra em que vives como estrangeiro, todo o país de Canaã como propriedade para sempre. E eu serei o Deus dos teus descendentes'.
Deus disse a Abraão: 'Guarda a minha aliança, tu e a tua descendência para sempre.
Palavra do Senhor.
O Senhor se lembra sempre da Aliança!
Procurai o Senhor Deus e seu poder, / buscai constantemente a sua face!Lembrai as maravilhas que ele fez, / seus prodígios e as palavras de seus lábios!
R.
Descendentes de Abraão, seu servidor, / e filhos de Jacó, seu escolhido, ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, / vigoram suas leis em toda a terra.
R.
Ele sempre se recorda da Aliança, / promulgada a incontáveis gerações; da Aliança que ele fez com Abraão, / e do seu santo juramento a Isaac.
R.
Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 8, 51-59
Naquele tempo, disse Jesus aos judeus:
Em verdade, em verdade, eu vos digo: se alguém guardar a minha palavra, jamais verá a morte. '
Disseram então os judeus: 'Agora sabemos que tens um demônio. Abraão morreu e os profetas também, e tu dizes: 'Se alguém guardar a minha palavra jamais verá a morte'.
Acaso és maior do que nosso pai Abraão, que morreu, como também os profetas? Quem pretendes tu ser?'
Jesus respondeu: 'Se me glorifico a mim mesmo, minha glória não vale nada. Quem me glorifica é o meu Pai, aquele que vós dizeis ser o vosso Deus.
No entanto, não o conheceis. Mas eu o conheço e, se dissesse que não o conheço, seria um mentiroso, como vós! Mas eu o conheço e guardo a sua palavra.
Vosso pai Abraão exultou, por ver o meu dia; ele o viu, e alegrou-se. '
Os judeus disseram-lhe então: 'Nem sequer cinqüenta anos tens , e viste Abraão!'
Jesus respondeu: 'Em verdade, em verdade vos digo, antes que Abraão existisse, eu sou'.
Então eles pegaram em pedras para apedrejar Jesus, mas ele escondeu-se e saiu do Templo.
Palavra da Salvação.

SANTO ESTANISLAU, BISPO E MÁRTIR - SANTORAL

Não se apegaram à vida, mesmo diante da morte.
Leitura do Livro do Apocalipse de São João 12, 10-12a
Eu, João,
ouvi uma voz forte no céu, proclamando: 'Agora realizou-se a salvação, a força e a realeza do nosso Deus, e o poder do seu Cristo. Porque foi expulso o acusador dos nossos irmãos, aquele que os acusava dia e noite diante do nosso Deus.
Eles venceram o Dragão pelo sangue do Cordeiro e pela palavra do seu próprio testemunho, pois não se apegaram à vida, mesmo diante da morte.
Por isso, alegra-te, ó céu, e todos o que viveis nele'.
Palavra do Senhor.
De todos os temores o Senhor me libertou.
Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, / seu louvor estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; / que ouçam os humildes e se alegrem!
R.
Comigo engrandecei ao Senhor Deus, / exaltemos todos juntos o seu nome!Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, / e de todos os temores me livrou.
R.
Contemplai a sua face e alegrai-vos, / e vosso rosto não se cubra de vergonha!Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, / e o Senhor o libertou de toda angústia.
R.
O anjo do Senhor vem acampar / ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! / Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!
R.
Para que eles sejam um assim como nós somos um
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo escrito por João 17, 11b-19
Naquele tempo: Jesus ergueu os olhos ao céu e disse:
'Pai santo, guarda-os em teu nome, o nome que me deste, para que eles sejam um assim como nós somos um.
Quando eu estava com eles, guardava-os em teu nome, o nome que me deste. Eu guardei-os e nenhum deles se perdeu, a não ser o filho da perdição, para se cumprir a Escritura.
Agora, eu vou para junto de ti, e digo estas coisas, estando ainda no mundo, para que eles tenham em si a minha alegria plenamente realizada.
Eu lhes dei a tua palavra, mas o mundo os rejeitou, porque não são do mundo, como eu não sou do mundo.
Não te peço que os tires do mundo, mas que os guardes do Maligno.
Eles não são do mundo, como eu não sou do mundo.
Consagra-os na verdade; a tua palavra é verdade.
Como tu me enviaste ao mundo, assim também eu os enviei ao mundo.
Eu me consagro por eles, a fim de que eles também sejam consagrados na verdade'.
Palavra da Salvação.