Nova Liturgia

<<  03/06/2019 (2ª-FEIRA)  >>

2ª-FEIRA DA 7ª SEMANA - PÁSCOA

1a Leitura - ANO FIXO - At 19,1-8

Vós recebestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé?
Leitura dos Atos dos Apóstolos 19,1-8
1Enquanto Apolo estava em Corinto,
Paulo atravessou as regiões montanhosas
e chegou a Éfeso.
Aí encontrou alguns discípulos e perguntou-lhes:
2'Vós recebestes o Espírito Santo quando abraçastes a fé?'
Eles responderam:
'Nem sequer ouvimos dizer que existe o Espírito Santo!'
3Então Paulo perguntou:
'Que batismo vós recebestes?'
Eles responderam:'O batismo de João.'
4Paulo disse-lhes:
'João administrava um batismo de conversão,
dizendo ao povo que acreditasse
naquele que viria depois dele, isto é, em Jesus.'
5Tendo ouvido isso,
eles foram batizados no nome do Senhor Jesus.
6Paulo impôs-lhes as mãos
e sobre eles desceu o Espírito Santo.
Começaram então a falar em línguas e a profetizar.
7Ao todo, eram uns doze homens.
8Paulo foi então à sinagoga
e, durante três meses, falava com toda convicção,
discutindo e procurando convencer os ouvintes
sobre o Reino de Deus.
Palavra do Senhor.

Salmo - ANO FIXO - Sl 67, 2-3. 4-5ac. 6-7ab (R. 33a)

R. Reinos da terra, cantai ao Senhor.
Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia
2Eis que Deus se põe de pé, e os inimigos se dispersam! *
Fogem longe de sua face os que odeiam o Senhor!
3Como a fumaça se dissipa, assim também os dissipais, +
como a cera se derrete, ao contato com o fogo, *
assim pereçam os iníquos ante a face do Senhor!
R.
4Mas os justos se alegram na presença do Senhor *
rejubilam satisfeitos e exultam de alegria!
5aCantai a Deus, a Deus louvai, cantai um salmo a seu nome!*
5co seu nome é Senhor: exultai diante dele!
R.

6Dos órfãos ele é pai, e das viúvas protretor; *
é assim o nosso Deus em sua santa habitação.
7aÉ o Senhor quem dá abrigo, dá um lar aos deserdados,*
7bquem liberta os prisioneiros e os sacia com fartura.
R.

Evangelho - ANO FIXO - Jo 16,29-33

Tende coragem! Eu venci o mundo!
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 16,29-33
Naquele tempo:
29Os discípulos disseram a Jesus:
'Eis, agora falas claramente e não usas mais figuras.
30Agora sabemos que conheces tudo
e que não precisas que alguém te interrogue.
Por isto cremos que vieste da parte de Deus.
31Jesus respondeu:'Credes agora?
32Eis que vem a hora - e já chegou -
em que vos dispersareis, cada um para seu lado,
e me deixareis só.
Mas eu não estou só; o Pai está comigo.
33Disse-vos estas coisas
para que tenhais paz em mim.
No mundo, tereis tribulações.
Mas, tende coragem! Eu venci o mundo!'
Palavra da Salvação.

SÃO CARLOS LWANGA, E SEUS COMPANHEIROS, MÁRTIRES - SANTORAL

1a Leitura - SANTORAL - 2Mac 7,1-2.9-14

Estamos prontos a morrer,
antes que violar as leis de nossos pais.
Leitura do Segundo Livro dos Macabeus 7,1-2.9-14
Naqueles dias:
1Aconteceu que foram presos
sete irmóos, com sua móe,
aos quais o rei,
por meio de golpes de chicote e de nervos de boi,
quis obrigar a comer carne de porco,
que lhes era proibida.
2Um deles, tomando a palavra
em nome de todos, falou assim:
'Que pretendes?
E que procuras saber de nós?
Estamos prontos a morrer,
antes que violar as leis de nossos pais'.
9O segundo, prestes a dar o último suspiro, disse:
'Tu, ó malvado,
nos tiras desta vida presente.
Mas o Rei do universo nos ressuscitará
para uma vida eterna,
a nós que morremos por suas leis'.
10Depois deste, começaram a torturar o terceiro.
Apresentou a língua logo que o intimidaram
e estendeu corajosamente as móos.
11E disse, cheio de confiança:
'Do Céu recebi estes membros;
por causa de suas leis os desprezo,
pois do Céu espero recebê-los de novo'.
12O próprio rei e os que o acompanhavam
ficaram impressionados
com a coragem desse adolescente,
que considerava os sofrimentos como se nada fossem.
13Morto também este,
submeteram o quarto irmóo aos mesmos suplícios,
desfigurando-o.
14Estando quase a expirar, ele disse:
'Prefiro ser morto pelos homens
tendo em vista a esperança dada por Deus,
que um dia nos ressuscitará.
Para ti, porém, ó rei,
nóo haverá ressurreiçóo para a vida!'
Palavra do Senhor.

Salmo - SANTORAL - Sl 123(124),2-3.4-5.7b-8 (R.7ab)

R. Nossa alma como um pássaro escapou
do laço que lhe armara o caçador.
2Se o Senhor nóo estivesse ao nosso lado, *
quando os homens investiram contra nós,
3com certeza nos teriam devorado *
no furor de sua ira contra nós.R.

4Entóo as águas nos teriam submergido, *
a correnteza nos teria arrastado,
5e entóo, por sobre nós teriam passado *
essas águas sempre mais impetuosas.R.
7bO laço arrebentou-se de repente, *
e assim nós conseguimos libertar-nos.
8O nosso auxílio está no nome do Senhor, *
do Senhor que fez o céu e fez a terra!R.

Evangelho - SANTORAL - Mt 5,1-12a

Bem-aventurados os pobres em espírito.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 5,1-12a
Naquele tempo:
1Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se.
Os discípulos aproximaram-se,
2e Jesus começou a ensiná-los:
3'Bem-aventurados os pobres em espírito,
porque deles é o Reino dos Céus.
4Bem-aventurados os aflitos,
porque serão consolados.
5Bem-aventurados os mansos,
porque possuirão a terra.
6Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
porque serão saciados.
7Bem-aventurados os misericordiosos,
porque alcançarão misericórdia.
8Bem-aventurados os puros de coração,
porque verão a Deus.
9Bem-aventurados os que promovem a paz,
porque serão chamados filhos de Deus.
10Bem-aventurados os que são perseguidos
por causa da justiça,
porque deles é o Reino dos Céus.
11Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem
e perseguirem, e mentindo,
disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim.
12aAlegrai-vos e exultai,
porque será grande a vossa recompensa nos céus.
Palavra da Salvação.