Nova Liturgia

<<  22/07/2019 (2ª-FEIRA)  >>

2ª-FEIRA DA 16ª SEMANA - TEMPO COMUM

1a Leitura - ANO IMPAR - Ex 14,5-18

Saberão que eu sou o Senhor,
quando eu for glorificado às custas do Faraó.
Leitura do Livro do Êxodo 14,5-18
Naqueles dias:
5Foi anunciado ao rei dos egípcios
que o povo tinha fugido.
Então, mudaram-se contra ele
os sentimentos do Faraó e dos seus servos,
os quais disseram:'Que fazemos?
Como deixamos Israel escapar,
privando-nos assim dos seus serviços?'
6O Faraó mandou atrelar o seu carro
e levou consigo o seu povo.
7Tomou seiscentos carros escolhidos
e todos os carros do Egito,
com os respectivos escudeiros.
8O Senhor endureceu o coração do Faraó, rei do Egito,
que foi no encalço dos filhos de Israel,
enquanto estes tinham saído de braço erguido.
9Os egípcios perseguiram os filhos de Israel
com todos os cavalos e carros do Faraó,
seus cavaleiros e seu exército,
e encontraram-nos acampados junto do mar,
perto de Fiairot, defronte de Beel-Sefon.
10Como o Faraó se aproximasse,
levantando os olhos, os filhos de Israel
viram os egípcios às suas costas.
Aterrorizados, eles clamaram ao Senhor.
11E disseram a Moisés:
'Foi por não haver sepulturas no Egito
que tu nos trouxeste para morrermos no deserto?
De que nos valeu ter sido tirados do Egito?
12Não era isso que te dizíamos lá:
'Deixa-nos em paz servir os egípcios?'
Porque era muito melhor servir aos egípcios
do que morrer no deserto'.
13Moisés disse ao povo:'Não temais!
Permanecei firmes,
e vereis o que o Senhor fará hoje para vos salvar;
os egípcios que hoje estás vendo,
nunca mais os tornareis a ver.
14O Senhor combaterá por vós,
e vós, ficai tranqüilos'.
15O Senhor disse a Moisés:
'Por que clamas a mim por socorro?
Dize aos filhos de Israel que se ponham em marcha.
16Quanto a ti, ergue a vara,
estende o braço sobre o mar e divide-o,
para que os filhos de Israel caminhem
em seco pelo meio do mar.
17De minha parte, endurecerei o coração dos egípcios,
para que sigam atrás deles,
e eu serei glorificado às custas do Faraó,
e de todo o seu exército,
dos seus carros e cavaleiros.
18E os egípcios saberão que eu sou o Senhor,
quando eu for glorificado às custas do Faraó,
dos seus carros e cavaleiros'.
Palavra do Senhor.

Salmo - ANO IMPAR - Ex 15,1-2.3-4.5-6 (R.1a)

R. Ao Senhor quero cantar, pois fez brilhar a sua glória!
1Ao Senhor quero cantar, pois fez brilhar a sua glória: *
precipitou no Mar Vermelho o Cavalo e o cavaleiro!
2O Senhor é minha força, é a razão do meu cantar, *
pois foi ele neste dia para mim libertação!
Ele é meu Deus e o louvarei, Deus de meu pai e o honrarei. +
R.

3O Senhor é um Deus guerreiro, o seu nome é'Onipotente': *
4os soldados e os carros do Faraó jogou no mar.
R.

5Vagalhões os encobriam:
mergulharam nas profundezas como pedra.
6Tua destra, Senhor, destroça o inimigo.
R.

Evangelho - ANO IMPAR - Mt 12,38-42

No dia do juízo, a rainha do Sul
se levantará contra essa geração.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 12,38-42
Naquele tempo:
38Alguns mestres da Lei e fariseus disseram a Jesus:
'Mestre, queremos ver um sinal realizado por ti.'
39Jesus respondeu-lhes:
'Uma geração má e adúltera busca um sinal,
mas nenhum sinal lhe será dado,
a não ser o sinal do profeta Jonas.
40Com efeito, assim como Jonas
esteve três dias e três noites no ventre da baleia,
assim também o Filho do Homem
estará três dias e três noites no seio da terra.
41No dia do juízo, os habitantes de Nínive
se levantarão contra essa geração e a condenarão,
porque se converteram diante da pregação de Jonas.
E aqui está quem é maior do que Jonas.
42No dia do juízo,
a rainha do Sul se levantará contra essa geração,
e a condenará, porque veio dos confins da terra
para ouvir a sabedoria de Salomão.
E aqui está quem é maior do que Salomão.'
Palavra da Salvação.

SANTA MARIA MADALENA - SANTORAL

1a Leitura - SANTORAL - Ct 3,1-4a

Encontrei o amor de minha vida.
Leitura do Livro do Cântico dos Cânticos 3,1-4a
Eis o que diz a noiva:
1Em meu leito, durante a noite,
busquei o amor de minha vida:
procurei-o, e não o encontrei.
2Vou levantar-me e percorrer a cidade,
procurando pelas ruas e praças,
o amor de minha vida:
procurei-o, e não o encontrei.
3Encontraram-me os guardas
que faziam a ronda pela cidade.
'Vistes por ventura o amor de minha vida?'
4aE logo que passei por eles,
encontrei o amor de minha vida.
Palavra do Senhor.

1a Leitura - SANTORAL - 2Cor 5,14-17 (Leitura Facultativa)

Agora, já não conhecemos Cristo segundo a carne.

 


Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios 5,14-17


Irmãos:
14O amor de Cristo nos pressiona,
pois julgamos que um só morreu por todos,
e que, logo, todos morreram.
15De fato, Cristo morreu por todos,
para que os vivos não vivam mais para si mesmos,
mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.
16Assim, doravante, não conhecemos ninguém
conforme a natureza humana.
E, se uma vez conhecemos Cristo segundo a carne,
agora já não o conhecemos assim.
17Portanto, se alguém está em Cristo,
é uma criatura nova.
O mundo velho desapareceu.
Tudo agora é novo.
Palavra do Senhor.

Salmo - SANTORAL - Sl 62(63),2.3-4.5-6.8-9 (R. 2b)

R. A minh'alma tem sede de vós, Senhor!
2Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! *
Desde a aurora ansioso vos busco!
A minh'alma tem sede de vós, +
minha carne também vos deseja, *
como terra sedenta e sem água!R.
3Venho, assim, contemplar-vos no templo, *
para ver vossa glória e poder.
4Vosso amor vale mais do que a vida: *
e por isso meus lábios vos louvam.R.
5Quero, pois vos louvar pela vida, *
e elevar para vós minhas mãos!
6A minh'alma será saciada, *
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios, *
ao cantar para vós meu louvor!R.
8Para mim fostes sempre um socorro; *
de vossas asas à sombra eu exulto!
9Minha alma se agarra em vós; *
com poder vossa mão me sustenta.R.

Evangelho - SANTORAL - Jo 20,1-2.11-18

Mulher, por que choras? A quem procuras?
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 20,1-2.11-18
1No primeiro dia da semana,
Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus,
bem de madrugada, quando ainda estava escuro,
e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.
2Então ela saiu correndo
e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo,
aquele que Jesus amava,
e lhes disse:
'Tiraram o Senhor do túmulo,
e não sabemos onde o colocaram'.
11Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando.
Enquanto chorava,
inclinou-se e olhou para dentro do túmulo.
12Viu, então, dois anjos vestidos de branco,
sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus,
um à cabeceira e outro aos pés.
13Os anjos perguntaram:
'Mulher, por que choras?'
Ela respondeu:
'Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram'.
14Tendo dito isto,
Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé.
Mas não sabia que era Jesus.
15Jesus perguntou-lhe:
'Mulher, por que choras?
A quem procuras?'
Pensando que era o jardineiro, Maria disse:
'Senhor, se foste tu que o levaste
dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar'.
16Então Jesus disse:
'Maria!'
Ela voltou-se e exclamou, em hebraico:
'Rabunni'
(que quer dizer: Mestre).
17Jesus disse:
'Não me segures.
Ainda não subi para junto do Pai.
Mas vai dizer aos meus irmãos:
subo para junto do meu Pai e vosso Pai,
meu Deus e vosso Deus'.
18Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos:
'Eu vi o Senhor!',
e contou o que Jesus lhe tinha dito.
Palavra da Salvação.