Nova Liturgia

2ª-FEIRA DA 23ª SEMANA - TEMPO COMUM

Tornei-me ministro da Igreja para vos transmitir
o mistério escondido por séculos e gerações.
Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses 1, 24-2, 3
Irmãos:
Alegro-me de tudo o que já sofri por vós e procuro completar na minha própria carne o que falta das tribulações de Cristo, em solidariedade com o seu corpo, isto é, a Igreja.
A ela eu sirvo, exercendo o cargo que Deus me confiou de vos transmitir a palavra de Deus em sua plenitude:
o mistério escondido por séculos e gerações, mas agora revelado aos seus santos.
A estes Deus quis manifestar como é rico e glorioso entre as nações este mistério: a presença de Cristo em vós, a esperança da glória.
Nós o anunciamos, admoestando a todos e ensinando a todos, com toda sabedoria, para a todos tornar perfeitos em sua união com Cristo.
Para isso eu me esforço com todo o empenho, sustentado pela sua força que em mim opera.
Quero pois que saibais que luta difícil sustento por vós, pelos fiéis de Laodicéia e por tantos outros, que não me conhecem pessoalmente,
para que sejam consolados e se mantenham unidos na caridade, para que eles cheguem a entender profunda e plenamente o mistério de Deus Pai e de Cristo Jesus,
no qual estão encerrados todos os tesouros da sabedoria e da ciência.
Palavra do Senhor.
A minha glória e salvação estão em Deus.
Só em Deus a minha alma tem repouso, / porque dele é que me vem a salvação!Só ele é meu rochedo e salvação, / a fortaleza, onde encontro segurança!
R.
Povo todo, esperai sempre no Senhor, / e abri diante dele o coração: / nosso Deus é um refúgio para nós!
R.
Observavam, para verem se Jesus curaria em dia de sábado.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6, 6-11
Aconteceu num dia de sábado que,
Jesus entrou na sinagoga, e começou a ensinar. Aí havia um homem cuja mão direita era seca.
Os mestres da Lei e os fariseus o observavam, para verem se Jesus iria curá-lo em dia de sábado, e assim encontrarem motivo para acusá-lo.
Jesus, porém, conhecendo seus pensamentos, disse ao homem da mão seca: 'Levanta-te, e fica aqui no meio. ' Ele se levantou, e ficou de pé.
Disse-lhes Jesus: 'Eu vos pergunto: O que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar uma vida ou deixar que se perca?'
Então Jesus olhou para todos os que estavam ao seu redor, e disse ao homem: 'Estende a tua mão. ' O homem assim o fez e sua mão ficou curada.
Eles ficaram com muita raiva, e começaram a discutir entre si sobre o que poderiam fazer contra Jesus.
Palavra da Salvação.

SÃO PEDRO CLAVER, PRESBÍTERO - SANTORAL

Reparte o teu pão com o faminto.
Leitura do Livro do Profeta Isaías 58, 6-11
Assim fala o Senhor:
'O jejum que prefiro, acaso, não é outro: - quebrar as cadeias injustas, desligar as amarras do jugo, tornar livres os que estão detidos, enfim, romper todo tipo de sujeição?
Não é repartir o pão com o faminto, acolher em casa os pobres e peregrinos? Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne.
Então, brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá.
Então invocarás o Senhor e ele te atenderá, pedirás socorro, e ele dirá: 'Eis-me aqui'. Se destruíres teus instrumentos de opressão, e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa;
se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia.
O Senhor te conduzirá sempre e saciará tua sede na aridez da vida, e renovará o vigor do teu corpo; serás como um jardim bem regado, como uma fonte de águas que jamais secarão'.
Palavra do Senhor.
Feliz aquele que encontra seu prazer na lei de Deus!
Ou: É feliz quem a Deus se confia!
Ou: O justo florirá como a palmeira, nos átrios de meu Deus.
Feliz é todo aquele que não anda / conforme os conselhos dos perversos; / que não entra no caminho dos malvados, / nem junto aos zombadores vai sentar-se; mas encontra seu prazer na lei de Deus / e a medita, dia e noite, sem cessaEis que ele é semelhante a uma árvore / que à beira da torrente está plantada; / ela sempre dá seus frutos a seu tempo, / e jamais as suas folhas vão murchar. / Eis que tudo o que ele faz vai prosperar,
R.
mas bem outra é a sorte dos perversos. / Ao contrário, são iguais à palha seca / espalhada e dispersada pelo vento. Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, / mas a estrada dos malvados leva à morte.
R.
Todas as vezes que fizestes isso a um dos menores
de meus irmãos foi a mim que o fizestes.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 25, 31-40
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
'Quando o Filho do Homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso.
Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos.
E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda.
Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: `Vinde benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo!
Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa;
eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar'.
Então os justos lhe perguntarão: `Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer?' com sede e te demos de beber?
Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos?
Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos te visitar?'
Então o Rei lhes responderá: `Em verdade eu vos digo, que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!''
Palavra da Salvação.