Menu fechado

Paróquia festeja Santa Rita de Cássia

Nos dias 21, 22 e 23 de maio, aconteceu na Igreja São Francisco de Assis e Santa Rita de Cássia, no Kobrasol, a festa de Santa Rita de Cássia, co-padroeira da comunidade.

No dia 21 e 22 aconteceu a venda de cucas e tranças, previamente encomendadas, com retiradas a partir das 15h, no salão paroquial.

Ainda no dia 22, 19h30, houve a celebração da Missa com Novena em honra a Santa Rita de Cássia. Esta celebração foi marcada pela presença dos fiéis devotos e do grupo de Servos e Servas de Santa Rita. Nesta missa houve a leitura das graças alcançadas pela intercessão de Santa Rita de Cássia. Na novena ocorreu a bênção do mel, que foi distribuído juntamente com a oração a Santa Rita.

No dia 23, 10h, houve a celebração da Missa Festiva, com a forte presença da comunidade devota e dos festeiros de Santa Rita de Cássia de 2021. Nesta missa que foi transmitida pelo Facebook da Paróquia, aconteceu a bênção e a distribuição das rosas, com a oração a Santa Rita de Cássia. As rosas são doações de fiéis devotos que recebem graças.

Na liturgia, presidida pelo pároco Revelino Seidler, foi celebrado Pentecostes e Santa Rita de Cássia. A celebração de Pentecostes nos insere na Páscoa de Cristo, que chega à sua plenitude, pelo envio do Espírito Santo à sua Igreja, nascida da redenção do Senhor.

Em sua homilia, o pároco também destacou o exemplo de vida de Santa Rita de Cássia, que nasceu na Itália em 1381. Invocada como intercessora poderosa em casos desesperados, considerados impossíveis, entrou na comunidade dos Agostinianos em Cássia, depois do assassinato do seu marido, um homem violento, que ela converteu a uma vida autenticamente cristão pela força de sua paciência e mansidão. Rita foi uma mulher que soube aceitar as dificuldades da caminhada, transformando, as pedras no caminho em pedras vivas. Sentiu a dor e a alegria, o amargor das derrotas e a exultação da vitória. Santa Rita deixou-se conduzir pela ação do Espírito Santo, vivendo em plenitude o seu batismo, deixando-se modelar pela docilidade, tornando-se obediente as inspirações divinas, transbordando o amor do Pai. Rita faleceu em 1457 e foi sepultada em Cássia.

Após a missa houve a venda de um saboroso almoço, com retirada a partir das 11h30 no salão paroquial.

Às 18h, como de costume aconteceu a celebração da Santa Missa.

A comunidade do Kobrasol se alegra, louva e agradece a Deus pela presença de todos os fiéis devotos, servos e festeiros de Santa Rita de Cássia.

Colaboração de conteúdo: Laércio Esteves Cordeiro e Suzi Mary Hamilka Ipiranga.