Menu fechado

Primeira Eucaristia é celebrada nas igrejas de Kobrasol e Campinas

A celebração da Primeira Eucaristia em 2021, ocorreu na Paróquia Santo Antônio no dia 18 de abril, na comunidade do Kobrasol e nos dias 25 de abril e 2 de maio na comunidade de Campinas. Ao todo, 94 crianças receberam o Sacramento da Eucaristia, que deveria ter ocorrido em 2020, mas foi transferido para 2021, devido à pandemia. As três celebrações foram presididas pelo pároco, Padre Revelino Seidler.

Na homilia do dia 18/04, o pároco recordou o batismo, onde cada catequizando recebeu o dom da fé e se tornou membro da Igreja. Ressaltou que foi graças aos pais de cada criança, que elas estavam presentes neste dia especial. Os discípulos de Emaús foram citados devido ao Evagelho do dia. Assim como os discípulos, os catequizandos tiveram a graça de ouvir as palavras de Jesus e em breve também receberiam o pão, que é a Eucaristia. Observou que os cristãos são chamados a guardar a Palavra de Deus e também ser testemunho desta palavra através do trabalho na comunidade.

Em 25/04, Pe. Revelino citou a passagem do Evangelho do dia sobre o Bom Pastor. Jesus conhece suas ovelhas e elas também o conhecem. Questionou os catequizandos se eles conheciam Jesus, assim como Ele os conhece. Lembrou que todos celebravam este momento, pois foram incentivados pelos familiares e também pelos catequistas e pela Igreja. Motivou os catequizandos a agradecerem a Deus por este passo que seria dado na fé. Lembrou do Dia Mundial de Oração pelas Vocações e orientou os pais sobre a importância de educar os filhos na fé.

No Evangelho do dia 02/05, Jesus diz que é o pão vivo que desceu do céu. Que Ele é a videira e os cristãos são os seus ramos. Cristo convida a todos para permanecerem com ele, assim como os ramos permanecem ligados à videira, para produzir frutos. O pároco refletiu que permanecer não é somente participar da Primeira Eucaristia, mas manter-se durante toda a vida em comunhão com Cristo. É preciso estar unido em Cristo também através das obras. Quem permanece em Cristo produz frutos bons e as crianças ao receberem a Eucaristia produziriam estes frutos.

Em todas as celebrações, após a homilia, os catequizandos acenderam suas velas junto ao Círio Pascal para a confirmação das promessas do batismo. Os ritos seguiram como de costume até o momento da comunhão, onde as crianças puderam receber o sacramento pela primeira vez. Ao final das celebrações, os catequistas das várias turmas receberam homenagens pela dedicação durante o tempo formação, principalmente pelas dificuldades causadas pela pandemia.

Todas as celebrações, foram realizadas em observação às medidas de segurança para o enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus, de acordo com as orientações governamentais.

Imagens gentilmente cedidas por Foto Modelo (3222-0922)

KOBRASOL

CAMPINAS